29% das micro e pequenas empresas ficaram inadimplentes em janeiro

29% das micro e pequenas empresas ficaram inadimplentes em janeiro

Em janeiro, 29% das micro e pequenas empresas deixaram de pagar alguma conta, mostra pesquisa realizada pelo Simpi (Sindicato da Micro e Pequena Indústria do Estado de São Paulo). Em dezembro de 2022, 24% ficaram inadimplentes.

Entre as despesas que deixaram de ser pagas estão impostos (20%), gastos gerais (11%), dívidas com bancos e instituições financeiras (9%), contas de consumo (9%) -água, energia e telefone, e fornecedores (4%). Para quitar ou negociar as dívidas, 5% dos micro e pequenos empreendedores afirmam ter solicitado empréstimos. Segundo a pesquisa, financiamentos também foram solicitados pelos empresários para pagar para ter capital de giro (5%), investir (5%), pagar despesas (4%) e pagar fornecedores (3%).

FECHAR AS PORTAS

A possibilidade de fechar a empresa nos próximos 3 meses é avaliada por 11% dos micro e pequenos empresários. A maior parte desses empreendedores estão nas regiões Sul (13%) e Sudeste (13%).

Fonte: Poder 360