40% dos trabalhadores por contra própria preferem autonomia no Sul do país

40% dos trabalhadores por contra própria preferem autonomia no Sul do país

Sete em cada dez trabalhadores no país por conta própria gostariam de ter vínculo formal de emprego, em média. Mas a Região Sul registra o maior percentual (40%) de trabalhadores por conta própria que querem se manter nessa ocupação por conta da flexibilidade de horários ou expectativa de rendimentos maiores nessa posição. A média nacional dos que querem permanecer na informalidade é de 30%.

É o que apontam os dados da Sondagem do Mercado de Trabalho divulgados na quarta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE). O objetivo da pesquisa é mapear tendências sobre emprego e renda que possam auxiliar pesquisadores, formuladores de políticas públicas e analistas econômicos.

Fonte: Fundação Getúlio Vargas / FGV

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil