CNC elabora cálculos de impacto da reforma tributária para setor de serviços

CNC elabora cálculos de impacto da reforma tributária para setor de serviços

A CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) elaborou cálculos de impacto da reforma tributária, baseando-se nos dados oficiais do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e da Receita Federal. Para entender melhor o que esses dados representam para o Brasil, o presidente da FENACON, Daniel Coêlho, conversou com o diretor de economia da CNC, Guilherme Mercês.

Até o momento, o ministério não divulgou nenhuma ação sobre o tema. “A CNC tem sido talvez a única instituição com cálculos de impacto especialmente para o setor de serviços da reforma tributária”, enfatizou Mercês. Os participantes apontaram algumas questões que, segundo eles, precisam ser melhor analisadas para a aprovação de uma reforma que beneficie o cenário econômico brasileiro como um todo. Algumas delas são a eficiência do IVA (Imposto de Valor Agregado), consequências que podem afetar o Simples Nacional, a necessidade de garantir que todos os créditos serão aproveitados, entre outras.

Assista!

Leia mais:

Grupo da Reforma Tributária discute fim dos incentivos fiscais no novo imposto sobre consumo – Sindijore RS

Fonte: Fenacon