Demissão voluntária atinge recorde em 2023, indicando mudanças no mercado de trabalho

Demissão voluntária atinge recorde em 2023, indicando mudanças no mercado de trabalho

O número de trabalhadores que decidiram deixar seus empregos por vontade própria atingiu um recorde em 2023. De 21,5 milhões de desligamentos no ano passado, 7,3 milhões foram demissões voluntárias, o que representa 34% do total.

De acordo com dados de um levantamento realizado pela LCA Consultores, em comparação com os anos anteriores, houve um aumento significativo nesse tipo de desligamento, com 6,8 milhões em 2022 (33,6%), 5,6 milhões em 2021 (33,4%) e 3,8 milhões em 2020 (27%).

Esse crescimento contínuo aponta para uma evolução nas preferências dos trabalhadores em relação aos seus empregos e uma possível adaptação às novas condições do mercado de trabalho.

Entre os fatores que levam ao pedido de demissão voluntária estão a busca por empregos mais alinhados às expectativas individuais, a entrada de mais jovens no mercado de trabalho e mudanças na metodologia de avaliação do emprego, como a implementação do novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Caro associado! Queremos valorizar profissionais dos meios de comunicação impressos, parceiros do Sindijore RS, que fazem a diferença no dia a dia no meio jornalístico e no da comunicação de uma forma geral.

Envie uma sugestão de profissional do mês para o e-mail secretaria@sindijorers.org.br, para a realização de uma reportagem especial que será veiculada em nossa newsletter diária!

Leia mais:

Pequenas empresas respondem por 8 em cada 10 empregos criados em 2023 – Sindijore RS

Fonte: Portal Contábeis