Empresariado quer fim de multas abusivas

Empresariado quer fim de multas abusivas

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e o presidente do Conselho da Esfera Brasil, João Camargo, discutiram recentemente a criação de um comitê para discutir mudanças nas autuações da Receita Federal e no Carf, o conselho de apelações dos contribuintes. A principal proposta é a exclusão de juros e multa da dívida tributária questionada pelas empresas no Carf.

Somente a multa, eleva o valor original da autuação em 150%. O pleito é de que só haja incidência de juros no período. Além disso, o grupo pede um prazo de 180 dias para evitar que a questão seja judicializada.

Leia mais!

Fonte: Diário do Comércio

Foto: Marcello Casal Jr