Empresas e trabalhadores pedem a Lula sanção da desoneração da folha

Empresas e trabalhadores pedem a Lula sanção da desoneração da folha

Entidades de trabalhadores e empresas de 17 setores intensivos em mão de obra assinaram um ofício para pedir ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a sanção do Projeto de Lei 334/23, que prorroga a política de desoneração da folha de pagamentos até o fim de 2027.

O projeto foi aprovado pelo Congresso Nacional em 25/10 e aguarda sanção presidencial. Como o governo federal foi contra a proposta, há preocupações com um possível veto.

Leia mais:

Prorrogada a desoneração da folha de pagamento até 31 de dezembro de 2027 para 17 setores da economia – Sindijore RS

Uma manifestação de centrais sindicais foi realizada nesta quarta-feira, 8/11, na Avenida Paulista, em São Paulo, que também defende a sanção do PL da desoneração da folha de pagamento.

A política de desoneração da folha de pagamentos constitui na substituição da contribuição previdenciária de 20% sobre a folha de pagamentos por uma parcela do faturamento – entre 1% e 4%, a depender do setor.

Os setores incluídos são: confecção e vestuário, calçados, construção civil, call center, comunicação, empresas de construção e obras de infraestrutura, couro, fabricação de veículos e carroçarias, máquinas e equipamentos, proteína animal, têxtil, TI (tecnologia da informação), TIC (tecnologia de comunicação), projeto de circuitos integrados, transporte metroferroviário de passageiros, transporte rodoviário coletivo e transporte rodoviário de cargas.

Fonte e foto: Convergência Digital