Estudo da UnB indica que big techs “driblam” tributação no Brasil

Estudo da UnB indica que big techs “driblam” tributação no Brasil

Um estudo realizado pela UnB, a pedido da Anatel, mostra o quanto é prejudicial que empresas de tecnologia como Netflix, Spotify, Facebook e Google deixem de pagar impostos ao governo brasileiro. O Estudo sobre Oportunidades Fiscais Trazidas pelos Mercados Digitais é o primeiro de uma série de outros seis, a ser realizado sobre os Desafios Regulatórios do Ecossistema Digital. Foi divulgado nesta segunda-feira, dia 4 de dezembro.

Em sua conclusão, o trabalho indica que o não pagamento dos impostos traz um desequilíbrio em relação às empresas brasileiras que efetivamente são obrigadas a pagar.

“A predominante autoridade do estado na evolução da economia, bem como o estado da arte atual da tributação das atividades econômicas, ainda deixam de fora do alcance dos entes tributantes, os ingressos monetários dos serviços digitais e das empresas que os prestam, estabelecendo uma situação de latente desvantagem concorrencial em relação aos seus pares na economia digital e aos demais concorrentes da economia tradicional”, diz o estudo em suas considerações finais.

Fonte: Associação Nacional de Editores de Revistas – ANER

Leia mais:

Regulação das Big Techs pode encarecer anúncios, diz pesquisa – Sindijore RS