Segundo FIJ, 94 jornalistas foram assassinados em 2023

Segundo FIJ, 94 jornalistas foram assassinados em 2023

De acordo com um levantamento realizado pela Federação Internacional de Jornalistas (FIJ), 94 trabalhadores da Comunicação Social, incluindo nove mulheres, foram mortos em 2023. Desde 7 de outubro, mais de um profissional foi assassinado por dia na guerra em Gaza.

Neste ano, assim como o anterior, foi marcado pela morte de jornalistas na guerra. Em 2023, profissionais palestinianos na Faixa de Gaza foram vítimas de bombardeios por parte do exército israelense.

De acordo com a entidade, neste ano foram sete mortes nas Américas, cinco na África, quatro na Europa, sete na região da Ásia e Pacífico, e 71 no Oriente Médio.

Leia mais:

Brasil é o 92° no ranking de liberdade de imprensa – Sindijore RS

Fonte: Coletiva.NET

Foto: Canva