Um dos jornais mais antigos do mundo deixará de ser impresso

Um dos jornais mais antigos do mundo deixará de ser impresso

A edição impressa do jornal austríaco Wiener Zeitung, fundado em 1703, deixará de existir, depois de uma decisão tomada pelo Parlamento da Áustria em votação no final de abril. A publicação, que com seus 320 anos de história afirma ser o jornal diário mais antigo do mundo ainda em circulação, reportou desde artigos sobre um jovem Mozart até a abdicação efetiva do último imperador dos Habsburgos, além das duas Guerras Mundiais.

Fundado com o nome de Wiennerisches Diarium e rebatizado em 1780, o Wiener Zeitung pertence ao Estado austríaco desde 1857. Embora seja conhecido por sua qualidade jornalística e seus pontos de vista politicamente independentes, ele atua também como diário oficial e publica informações sobre empresas austríacas. Na 5ª feira (27.abr), o Parlamento austríaco aprovou uma nova lei que não exige mais que os anúncios sejam publicados na edição impressa do jornal, cortando assim sua principal fonte de financiamento.
Leia mais!

Fonte: Poder 360

Foto: Divulgação

Caro Associado do Sindijore RS, quer que o seu jornal seja divulgado em nossas newsletters diárias?

Envie um e-mail para secretaria@sindijorers.org.br e envie sugestões de pauta, contendo informações sobre o seu veículo de comunicação, tais como premiações, campanhas institucionais, datas comemorativas de fundação do jornal, dentre outras conquistas e fatos marcantes para a empresa! Queremos divulgar os nossos associados.